De acordo com um relatório do site The Loadout, a Microsoft deu o equivalente a US$ 6,3 mil em jogos inclusos no Game Pass, serviço de assinatura que dá uma biblioteca enorme de jogos para PC e Xbox, somente em 2021. Em conversão para nossa moeda, isso dá em torno de R$ 36 mil, somando tudo o que há nas lojas da Microsoft e na plataforma do Xbox em si.

O relatório também indicou o melhor mês em termos de adesão: março, mês que o Xbox adicionou o maior número de jogos em seu catálogo por conta da aquisição da Bethesda Game Studios, resultando em nada menos que US$ 964,67 (R$ 5,5 mil).

Considerando os valores atuais do Game Pass, é inegável que os assinantes saíram no lucro. Para quem fez a assinatura exclusiva de consoles, foi um total de R$ 359,88 entre os 12 meses de 2021. Para quem assinou o pacote Ultimate, que dá direito ao EA Play, jogos para Xbox e PC, além do Live Gold (para jogar online e ter ainda mais jogos), foram R$ 539,88. Por fim, para quem só assina o Game Pass para consoles e paga o Gold à parte, foram R$ 779,76.

Se pegarmos este valor mais alto como referência, seriam necessárias 46 assinaturas do Game Pass para cobrir os R$ 36 mil totais distribuídos em valor de jogos neste ano. Ao pensarmos nos títulos que entraram, saíram e no quanto isso muda ao pegarmos exclusivamente os valores de jogos na loja brasileira do Xbox, não há discussão: o Game Pass é mais que um presente aos donos de Xbox.







Comentários