Lançada aqui no Brasil em 2016 pela Salvat, em uma coleção de graphic novels, a HQ Vingadores: A Cruzada das Crianças foi alvo de censura na Bienal do Livro do Rio ontem (05), após o prefeito Marcelo Crivella enviar fiscais pedindo que tal livro fosse recolhido. A Bienal negou o pedido e hoje de manhã, o exemplar havia esgotado. A prefeitura não pode recolher livros à venda e, além disso, os fiscais não encontraram conteúdo que fosse contra a legislação. 

As ironias não param só no fato de a HQ ter esgotado, pois o conteúdo do quadrinho em si faz referência à ação contra "supremacia branca", como chamam, conservadora e também ironiza a ação daqueles que se escondem por trás da Bíblia (Crivella é bispo). Aqui, contamos tudo o que você precisa saber sobre a obra.


Antes dos acontecimentos de A Cruzada das Crianças, a Feiticeira Escarlate comete um genocídio mutante e acaba lutando com a própria equipe dos Vingadores, causando a morte de Visão, Homem-Formiga e do Gavião Arqueiro após summonar um exército Kree. Depois disso há a fase conhecida como Dinastia M e só então surgem os Jovens Vingadores, adolescentes antes chamados de "fanboys mascarados" pela imprensa local, que também participaram de um arco da Guerra Civil e só se agruparam após saber que os originais teriam se desmanchado.

Os sete jovens possuem um ponto em comum, que é a conexão com pelo menos um Vingador: Hulkling é filho do Capitão Marvel, Estatura é filha do Homem-Formiga, Patriota é neto do Capitão América, Wiccano e Célere são (no começo da história, supostamente) netos de Magneto e também há o jovem Visão e a adolescente Gaviã Arqueira.

Magneto, por não saber da verdade, questiona-se e conversa com Ciclope e Wolverine a respeito da natureza dos filhos de Wanda e Visão (seus netos), pro que ainda afirma que Wanda nunca teria a capacidade de "criar uma alma humana". Essa pode ser a única família que restou a Magneto, logo, ele quer pelo menos conhecê-los.

Os Jovens Vingadores lutam para ganhar a confiança dos Vingadores e honrar o título. De cara, há a primeira ironia sobre a história recente da censura: eles enfrentam um grupo chamado Filhos da Serpente, que é uma seita composta por supremacistas brancos que é contra gays e mulheres. Célere ainda comenta: "parece que o mundo ficaria melhor sem eles". E a ironia piora: um dos minions ainda usa de um trecho da Bíblia para justificar suas ações assassinas.


Após Hulkling ser atacado, Wiccano usa um poder mental explosivo e deixa todos os inimigos restantes em coma. Por isso, Tony Stark e a equipe antiga explicam o passado do desastre de Wanda e temem que Wiccano faça o mesmo. Logo em seguida, ele fica com receio de eles estarem certos, mesmo dando as costas à equipe.

Depois de ser "resgatado" pelos Jovens, Magneto aparece para conhecê-los. Ele quer levar os netos ao monte Wundagore (local onde ela nasceu) pois, como explica, eles são a chave para encontrar sua filha. Na conversa, são interrompidos por um embate entre os Vingadores já que ele basicamente estava sequestrando-os. Wiccano teleporta-os ao tal monte e transforma o visual do grupo – o Visão com roupa de freira é a melhor coisa que você verá hoje.


Mercúrio, tio das crianças, está por lá procurando a irmão. Em um piscar de olhos, foge levando Wiccano, mas logo o conflito é evitado. "Wanda" surge e descobrem tratar-se de um "destinorobô", ou seja, o Dr. Destino sequestrou-a e criou uma versão robótica – ou pelo menos é o que eles são levados a pensar. O grupo planeja o resgate de Wanda.

NO QG dos Vingadores, Magnum revela-se ser o último vestígio da Feiticeira restante – já que ele teria morrido e ela o trouxe de volta. Magnum não concorda com a ação em equipe e foge para procurar Wanda; Wolverine faz o mesmo.

Wiccano "Billy" faz uma carta a seu namorado Teddy anunciando sua fuga para Latvéria, dizendo que o resgate de sua mãe não fazia parte dos planos e que, se ele não voltasse, provavelmente teria sido capturado. Ele se transforma em Wanda para evitar ser pego por Sentinelas e é encontrado pela própria Wanda, pro que ele apenas responde: "estou aqui pra te salvar do Dr. Destino". Plot twist: ela responde que está bem e que, na verdade, irá se casar no dia seguinte com o manipulador Destino.


Destino ataca o invasor, que logo em seguida é curado e perde seus poderes. Wiccano agora tem uma escolha: ser protegido pelo seu futuro padrasto (e ir contra os outros heróis) ou ser prisioneiro dele. Nisso, os Vingadores, os Jovens Vingadores e os X-Men chegam no castelo em Latvéria. Billy conta a história de Feiticeira Escarlate em terceira pessoa à sua esquecida mãe, que já está com vestido de casamento, e de repente eles vêem a luta entre os outros heróis e os Sentinelas.

Wolverine ataca a dupla e guarda rancor da antiga Wanda, que antes aniquilou seus colegas mutantes. Antes de dar o golpe fatal, o que provavelmente mataria a Feiticeira já que perdeu seus poderes, ele é impedido pelo Rapaz de Ferro, que vem do século 30.


Rapaz de Ferro revela que "o futuro depende" da proteção de Billy e conta que seu destino é virar Kang, inimigo dos Vingadores, e por isso está em constante luta consigo mesmo para mudar isso. No planeta Moord, há outra equipe de Jovens Vingadores, composta por Visão, o "Capitão Marvel" Ted Altman, "Capitão América" Elijah Bradley, "Falcoa" Samantha Bradley, "Bucky" Stevie Bradley, "Ferrão" Cassandra Lang, "Mercúrio" Tom Shepherd, e a "Gaviã Arqueira" Katherine Bishop.

A HQ agora passa a contar a história da formação dos outros Jovens Vingadores em um flashback do flashback. O grupo enfrenta Electro, vence e voltamos ao presente. Agora Rapaz junta-se na luta contra os Sentinelas.


Agora todos estão agindo contra Destino e a distração serve para Wanda fugir com Wiccano. Eles esbarram com os Jovens Vingadores, Destino descobre-os e Rapaz entra no fluxo temporal fugindo com o grupo. Valete de Copas surge do mundo dos mortos e Wanda fica encantada por ele e, de repente, se lembra de tudo o que aconteceu – agora, já como Feiticeira Escarlate.

Agora eles já estão de volta ao presente, mas a volta no tempo fez com que Scott Lang também voltasse à vida. Wanda tenta se suicidar, já que lembrou de ser a razão pela morte de seus colegas. Billy conversa com ela, Feiticeira desiste, lembra-se e se desculpa com seu filho.

Eles entram em contato com a X-Factor, "concorrência" de Jessica Jones, para arriscar aplicar o feitiço reverso de Wanda sobre os mutantes, fazendo com que eles ganhem novamente seus poderes. Isso funciona com Rictor e os X-Men aparecem para tentar matar Feiticeira.


Os X-Men discutem a razão com os Vingadores (e os Jovens) e querem que Wanda vá com eles. Ela coloca todos para cochilar em um piscar de olhos e impede que se machuquem no conflito. Na sequência, ela leva todos de volta ao castelo de Dr. Destino, afinal ainda está apaixonada e acredita que ele poderá ajudar todos. Ele devolve os poderes de Wiccano e, dando as mãos a ele e Wanda, ganha ainda mais poderes e torna-se o "renascido" Victor Von Doom.

Aparentemente a proposta dele é ditatorial e eles não ficam nem um pouco ok com isso. Voltando pra casa, na luta interrompida com os X-Men, são surpreendidos por Victor, que os seguiu. Scott tem a ideia de diminuir, entrar no ouvido de Victor, danificá-lo e sair como se nada tivesse acontecido. Victor percebe e (aparentemente) o mata como um mosquito. Cassie fica gigante e culpa-o pela morte do pai. Victor é consumido por seus próprios poderes e se mata (?).


Nathaniel (Rapaz de Ferro) ataca e mata Visão após discutirem sobre o que fazer com a ferida Cassie, ele foge e os heróis culpam-se, individualmente, a respeito de tudo o que aconteceu. Visão pode ser consertado via backups feitos antes de sua morte, mas em uma conversa entram em acordo que a dupla Lang "filha" e Visão realmente morreu. Os Jovens Vingadores se culpam e concordam em se desmanchar.

A famosa cena do beijo acontece somente no final do quadrinho, quando Teddy pede Billy em casamento, logo antes de ser interrompido pela Ms. Marvel, que leva-os para a companhia dos Vingadores que finalmente reconhecem os Jovens simplesmente como "Vingadores".







Comentários