Foo Fighters é uma banda que há anos trabalha ideias malucas na hora de compor um álbum. Liderados pelo vocalista Dave Grohl, o grupo já arriscou, por exemplo, gravar todas as faixas na garagem do próprio Dave - no álbum Wasting Light (2011) - e gravar em cidades importantes para a história da música nos EUA - no álbum Sonic Highways (2014). Em Concrete and Gold, lançado dia 15 de setembro, Dave Grohl continua com seus planos excêntricos (e sendo fanboy de outros artistas). Por isso, separamos 4 curiosidades que rolaram na produção do nono álbum da banda. Confira: 

1) A inspiração veio antes do Sonic Highways



Um ano antes de se lançar na produção do oitavo álbum da banda, Dave Grohl estava dirigindo seu carro quando ouviu a música Again & Again, do dueto The Bird and the Bee. Como ele mesmo descreveu no vídeo sobre a produção do álbum, foi uma experiência mindblowing. Tanto que, logo em seguida, ficou obcecado pelo estilo da banda, que misturava jazz com elementos da música eletrônica. Alguns meses depois, Grohl trombou com um dos membros do grupo, Greg Kurstin, no Havaí. Ao conversarem, ele descobriu que Greg era também produtor. E isso ficou em sua cabeça por um tempo.

2) A banda trabalhou com um produtor pop




Dave Grohl descobriu que Greg Kurstin não era apenas um produtor - era o produtor. Ele já havia trabalhado com artistas como Adele, Pink e Sia, o que o tornava bem disputado no ramo. Depois de Sonic Highways, o cantor realmente queria ter Greg como produtor do novo álbum. Sua experiência no jazz e no pop, Grohl acreditava, traria mudanças significativas para o som da banda. De volta ao Havaí, o vocalista ficou ligeiramente bêbado e abriu seu coração para Greg sobre querer tê-lo a frente da produção do álbum. No dia seguinte, Kurstin topou trabalhar com a banda.

3) O álbum foi gravado num estúdio famoso de Hollywood




Todas as faixas foram gravadas nos estúdios EastWest, por onde já passaram artistas como Frank Sinatra e bandas como Rolling Stones, AC/DC e Beach Boys. Ainda hoje, é considerado um dos estúdios mais famosos (e bem frequentados) dos EUA. Inclusive, Dave Grohl conta no vídeo que, durante a produção, chegou a trabalhar ao lado de Lady Gaga. Momentos como esse deram vida a uma das principais características do álbum: as parcerias inusitadas.

4) Dave Grohl arranjou vários artistas inesperados para as músicas
Além da música, o cantor tem talento para networking. Isso, junto ao fato de gravarem em um polo de artistas famosos, trouxe para o álbum colaborações imprevisíveis. Confira alguns exemplos abaixo: 

Allison Mosshart (The Kills) - Grohl descobriu que a cantora estava na cidade e a chamou para participar do álbum. Ela gravou o backing vocal de The Sky Is A Neighborhood e La Dee Da.


Dave Koz - É amigo de Grohl, que o considera como "rei do jazz suave". O vocalista o chamou para gravar uma faixa de saxofone para a música La Dee Da.


Inara George (The Bird and the Bee) - O vocalista completou o arco de sua obsessão pelo dueto chamando a vocalista para participar. Ela fez o backing vocal de Dirty Water.


Paul McCartney - Mais uma vez, Dave Grohl conseguiu agendar uma parceria com o beatle, um dos seus ídolos da música. Em entrevista para o programa ET Canada, Dave contou que Paul conseguiu gravar a faixa de bateria para a música Sunday Rain em apenas dois takes. Quem sabe, sabe.


Shawn Stockman (Boys II Men) - Grohl viu o cantor no estacionamento do estúdio e  correu para chamá-lo para participar do álbum. Ao contar sobre sua ideia de ter um coral como backing vocal de Concrete and Gold, última faixa do álbum, Stockman sugeriu usar sua voz gravada em vários tons e multiplicada. O resultado final parece de fato um coral. Mas lembre-se que é um homem só.



Justin Timberlake - É a revelação do álbum. E a parceria mais inusitada de todas. O cantor simplesmente pediu ao Grohl para participar do álbum enquanto os dois estavam no banheiro do estúdio. Ele e Greg topam. Justin acabou cantando os "la la la" da música Make It Right.



Se interessou pelo álbum? Confira a animação sobre a produção (de onde foram tiradas as imagens para este post) e opções de compra e streaming aqui: http://smarturl.it/FFCG

Você pode ouvir no YouTube os singles Run e The Sky Is a Neighborhood

Colaboraram Letícia das Neves e Victor Bianchin





Facebook




Comentários