Na Comic Con Experience deste ano, a Netflix bateu seu recorde de convidados, com quase todo o elenco principal de Shadowhunters e da produção brasileira 3%, alguns de seus convidados que mais fizeram sucesso com o público foram os atores Miguel Ángel Silvestre, Brian J. Smith e a atriz Tina Desai, estrelas da produção original Sense8.

Os atores falaram principalmente sobre a temporada que estreia em 2017 e responderam aos jornalistas presentes no domingo. Um assunto muito abordado foi a relação de Sense8 com as minorias, principalmente com o movimento LGBT. Miguel Ángel Silvestre, que interpreta Lito, revelou que a sexualidade do personagem deverá vir a público no começo da nova temporada e comentou como isso influenciará a jornada do ator de novelas e sua relação com Hernando, interpretado por Alfonso Herrera, figurinha conhecida no Brasil.

Sem sair do tópico sobre minorias na América do Norte, a recente eleição de Donald Trump como presidente dos Estados Unidos não passou em branco, e Brian J. Smith foi claro ao dizer que o povo não deve ficar calado diante de uma situação como essa, e que tudo a respeito de Sense8 é extremamente anti-Trump.

Questionados sobre a quantidade de sexo da série e se isso é o principal chamariz da produção, o intérprete do policial Will, comentou que a série trata o sexo de forma muito normal e saudável, e que isso não deveria ser o diferencial positivo da série. Ainda em resposta à essa pergunta, Tina riu e comentou que não estava acostumada com cenas de sexo com grandes grupos, na Índia.

Desai comentou sobre a profissão de Kala ter um papel maior no desenvolvimento da história e um pouco sobre o triângulo amoroso de sua personagem, onde Smith, para descontrair, tentou fazer uma votação com o público do painel, pedindo que escolhessem entre os dois pretendentes de Kala. A multidão gritou para que a indiana escolhesse o badboy Wolfgang, interpretado pelo alemão Max Riemelt. Ela replicou, rindo, que gostaria que “fosse fácil assim”.

Os atores contaram que os personagens se encontram em seu momento mais vulnerável durante essa temporada, e explicaram como o público consegue se relacionar com todas as culturas presentes na trama. O tempo todo, o elenco foi só elogios a Lana Wachowski, mencionando o quão importante ela foi para a construção dessa segunda temporada.

Na coletiva, foi impossível ignorar a polêmica envolvendo a mudança no interprete de Capheus. O ator Aml Ameen, que veio à Comic Con ano passado, foi demitido após fazer comentários transfóbicos — as irmãs Wachowski, criadoras da série, e a atriz Jamie Clayton, que interpreta Nomi e que também veio à São Paulo em 2015, são trans.

Sobre o novo ator, Toby Onwumere, Brian J. Smith se derreteu, dizendo “Ele é incrível, somos amigos. Nós precisávamos dele, ele mudou as coisas na série. É o primeiro trabalho profissional dele e é como se ele fizesse isso há anos. Ele é muito sábio e foi um presente para nós”. Desai se conteve nos ​ elogios, brincando que o ator precisa “apanhar, às vezes”, mas comentou positivamente a respeito de sua energia e entusiasmo sobre o papel.

No final, perguntados se gostariam de ser sensates de alguém, Silvestre brincou que gostaria de ser sensate da atriz Jennifer Lawrence, antes de dizer que realmente gostaria de ter sido sensate do ator Phillip Seymour Hoffman, que faleceu em 2014. Brian Smith foi mais sério, comentando que preferiria ser sensate de alguém muito diferente de si, como algum membro do comitê de transição de Donald Trump.

Silvestre brincou muito, dizendo que era praticamente brasileiro, que entendia português e que já dançava samba. Os atores falaram muito sobre as cenas gravadas em maio, na Parada do Orgulho Gay de São Paulo, de como sua presença no evento e no país os marcou, e como a Parada estará presente dentro do seriado. No painel, Miguel deu uma palhinha da “Dança da Vassoura”, levando o público ao delírio.

Sense8 retorna a Netflix com a sua segunda temporada em cinco de maio de 2017, mas antes disso, os fãs poderão matar a saudade da série com o especial que vai ao ar dia 23 de dezembro na rede de streaming. ​





Facebook




Comentários