Um projeto brasileiro financiado em 2014 pelo público através do site Catarse, "321: Fast Comics" é uma coletânea de quadrinhos que possuem três regras básicas: a história tem que ser escrita em apenas 3 páginas, com somente 2 personagens principais e 1 final surpreendente. Explorando desde a ficção científica até o suspense, da mitologia ao sobrenatural, o projeto traz as mais variadas histórias, ilustradas por alguns dos maiores nomes do mercado nacional de HQs. Basicamente, respeitando essas três regras, vale qualquer coisa, qualquer gênero, vale tudo.


As histórias curtas são contadas como se fossem fragmentos de conversas de bar, tanto é que todo o design da HQ é organizado como se fosse um "menu" - o volume 1 tem receitas de drinks a cada capítulo, e o volume 2 tem nomes de comidas. Cada artista, cada estilo, cada palheta de cores, cada traço, cada detalhe… Tudo incrível e diferente de qualquer outra HQ que vocês já tenham lido. Além disso, os roteiros são surreais! Sério, eu lia e apenas pensava "Como alguém imaginou isso?!" de tão criativo que era. São tantas histórias e tantos roteiros que chega a ser uma obra de arte.

No final ainda temos uma galeria e o making-of, com detalhes de como a capa foi feita, os roteiros e alguns esboços. Também tem duas páginas reservadas para quem curte colecionar autógrafo, algo que achei super criativo e útil.


Uma coisa me incomodou levemente. Às vezes na última página de algumas histórias tínhamos vários quadrados com o fechamento da trama, e o último quadrado era o que causava maior impacto. Ao virar da página 2 para a 3, involuntariamente meus olhos corriam para aquele quadrado mais chamativo e o final surpreendente perdia um pouco a graça já que eu tinha pulado sem querer os quadrados anteriores. Acho que talvez isso poderia ser resolvido com algum papel preto em cima do último quadrado, algo como um post-it preto que pudesse ser removido revelando o final. Felizmente esse pequeno incômodo não arruína as histórias, só tive que me controlar muito para nunca pular os quadrados finais.


São várias histórias, e algumas sinceramente menos surpreendentes do que as outras, porém, ainda vale a pena comprar? Vale MUITO a pena. É uma coletânea super legal, com tantos artistas bons que, acredite, não tem como ser ruim. Aguardando ansiosamente mais volumes!

Onde comprar? Pelo Facebook deles ou em livrarias.





Facebook




Comentários