Lançado no festival mineiro FIQ (Festival Internacional de Quadrinhos) que ocorreu entre últimos dias 11 e 15, Louco - Fuga torna circense algo totalmente nonsense. O 10º álbum do selo Graphic MSP mostra a importância de Louco para a Turma da Mônica e vice-versa, com o auxílio do belíssimo traço de Rogério Coelho.

Diferente da narrativa de Victor e Lu Cafaggi em Laços e Lições, em Fuga há mais imagens (diga-se de passagem, pura arte) do que texto/balões de fala em si. É uma viagem pela imaginação, que vira uma viagem pelas histórias da própria Turma, com passagens da série Mônica Jovem aos recentes lançamentos da coleção Graphic MSP. Os personagens parecem ser talhados à mão, com cores vivas e alguns retoques simples mas que conseguem fazer a diferença (em relação aos títulos anteriores da marca).


Louco é um criador de aventuras com uma imaginação esplêndida. Fiquei fascinado ao ler, pois essa é a primeira vez que eu, quando criança um grande leitor dos gibis da Turma, consigo entendê-lo realmente. Ou, pelo menos, começar a traçar um caminho para entender o que é ser "louco". Na obra, de repente essa "loucura" deixa de ser louca, e transforma-se em metáfora. A partir daí começamos a compreender que nem sempre o seu "normal" (e por via das dúvidas, o seu "louco") é o mesmo que o meu. São sentidos diferentes para ideias similares, e é isso que é passado em Fuga, claro, com um peso maior no aspecto da imaginação, por tratar-se de algo para diversas idades e um público variado.


Como de costume na linha MSP, cada quadrinho consegue ser mais artístico, lindo e mais nostálgico que seu anterior. Alguns possuem formas irregulares, mas nada que atrapalhe uma boa leitura. No geral o enredo é simples e transmite uma mensagem extremamente reflexiva.


Por fim, reconheço que é difícil deixar de guardar com carinho qualquer uma das obras da Graphic MSP, pois fica nítido (principalmente em Fuga) que há paixão entre o ilustrador e aquelas páginas que compõem o álbum. No caso, Rogério Coelho deixa clara a ideia de que conseguimos imaginar e fazer o que bem quisermos, e que, afinal, todos somos um pouco "Loucos".

Onde comprar esta HQ?
Compre através dos links abaixo e nos ajude a manter o blog no ar





Facebook




Comentários