Em 1985, o inventor excêntrico Dr. Emmett Brown (Christopher Lloyd) e o adolescente Marty McFly (Michael J. Fox) entraram no DeLorean e viajaram no tempo mudando toda uma cultura pop. Hoje, dia 21 de outubro de 2015, cerca de 30 anos depois, a dupla viajante está novamente reunida para a data comemorativa de "De Volta para o Futuro", o grande dia em que ambos chegaram ao futuro. Para essa data especial, a Toyota resolveu fazer um comercial unindo os dois atores comentando sobre o que mudou e o que não mudou em 2015. O vídeo pode ser visto logo abaixo:



"Tivemos um bom tempo. Há uma admiração mútua muito forte entre nós, e eu amo Michael e o trabalho que ele faz e toda sua personalidade. Ele é uma pessoa extraordinária. Nós realmente desfrutamos nosso tempo juntos. Foi o destino.", disse Christopher Lloyd, nosso querido Doc Brown, para o site Entertainment Weekly.

Lloyd também disse que adora cada oportunidade de vestir o jaleco, o cabelo bagunçado e entrar na mente louca de Doc Brown - mesmo que seja para pequenos vídeos, como o da Toyota.

"Doc Brown fica sempre animado com coisas novas, pensando em novas ideias, novas invenções que ele poderia fazer... essa é sua paixão. Seja para o trailer de um filme... tudo o que posso pensar sobre isso me deixado empolgado."

Ainda na entrevista, de todos os personagens que Lloyd já interpretou, Doc Brown foi o único que conseguiu permanecer vivo por diversas gerações.

"Não há outro personagem que surgiu que continua indo para os 30 anos. Todos eles tiveram seu tempo, e desapareceram. 'De Volta para o Futuro' se recusa a desaparecer. Eu vi o filme ontem à noite, e preciso dizer que parece ser novo e contemporâneo, não algo feito em 1985, 1986. Te faz rir bastante."

A conversa na entrevista também chegou até a possibilidade de um quarto filme, mas Lloyd vê isso como algo praticamente impossível.

"Bob Zemeckis [diretor] e Bob Gale [escritor] meio que acham que o terceiro filme concluíria a história, e foi isso que aconteceu. Teria que ser algo muito, muito inovador, e teria que igualar a qualidade com a dos outros primeiros filmes, e isso é uma coisa muito difícil de fazer. Normalmente sequências não conseguem se aproximar da qualidade do original. Seria difícil neste momento. Mas se isso acontecer, eu adoraria ser o Doc Brown novamente."

E vocês? Como estão comemorando esse dia 21 de outubro de 2015?

Fonte: Entertainment Weekly




Facebook




Comentários